Sanwa PrePeat RP-3100 ou a impressora sem tinta!

A empresa japonesa Sanwa desenvolveu uma curiosa impressora que não necessita de toner nem de tinta. Além desta promissora característica a impressora ainda tem a capacidade de reabilitar e reaproveitar o próprio papel (cada folha pode ser utilizada até 1000 impressões).

Assim, todos os documentos que já não sejam necessários, em vez de terem como fim o caixote do lixo voltam à impressora que os apaga em segundos para serem de novo imprimidos.

Claro que já vos passará pela cabeça o estrondoso preço desta maravilha da tecnologia, sim e confesso que doi um pouco só em saber.

Esta primeira versão do equipamento custará a módica quantia de 5600 dólares/4070 euros, enquanto cada uma das suas folhas especiais custarão uns gritantes dois euros e meio (1.000 unidades dessas folhas custam 3.345 dólares).

Anúncios

VAIO L Series All-in-One Touchscreen

O mundo da tecnologia é liderado muitas das vezes pela imagem e pelo marketing que determinadas marcas conseguem fazer chegar aos consumidores. Há filosofias mercantilistas que apostam num equilíbrio entre a qualidade e o marketing criando um estatuto elitista para o cliente consumidor. É uma das formas de fidelizar o cliente.

Um dos casos pragmáticos deste tipo de mercado é a marca Apple, onde o culto à volta dos produtos, sustentando um elitismo de consumo, gera uma fidelização impulsionadora e muito lucrativa à empresa de Cupertino.

Não é uma técnica nova mas é inovadora e seguida agora por mais marcas. A Sony foi desde sempre uma marca de topo na produção de hardware e liderou o mercado em notáveis avanços tecnológicos. Volta neste final de ano à liderança do mercado tecnológico com um equipamento soberbo. VAIO L Series All-in-One Touchscreen.

A linha Sony VAIO L Series é a vanguarda da tecnologia em hardware e sistemas operativos. Nenhum outro binómio está tão bem preparado para proporcionar ao utilizador experiências futuristas com um suave toque de elitismo e muita sobriedade de utilização.

Esta série é equipada com o mais moderno sistema operativo, o Windows 7, que se tem imposto à sua concorrência mais directa (o Windows XP) de forma clara e assumida. A ousadia do multi-toque atingiu um patamar nunca antes conseguido por qualquer outro equipamento ou sistema operativo.