Orquestra de Jazz de Matosinhos em Nova Iorque

A Orquestra de Jazz de Matosinhos (OJM) vai regressar a Nova Iorque para mais uma série de quatro concertos.
O regresso dá-se um ano e meio depois dos dois memoráveis concertos em Nova Iorque, no mítico Carnegie Hall e na Jazz Gallery, em Junho de 2007, que resultaram também na gravação de um disco, o mais recente da orquestra, com Lee Konitz e Ohad Talmor.
Desta vez, a OJM vai dar quatro concertos no conceituado clube Jazz Standard, localizado em Manhattan, bem no coração de Nova Iorque, entre 22 e 25 de Janeiro.
A orquestra dirigida por Carlos Azevedo e Pedro Guedes estará em Nova Iorque a convite do grande saxofonista norte-americano Lee Konitz, para interpretar um programa baseado naquele disco, intitulado «Portology», sob direcção do maestro Ohad Talmor.
Esta nova deslocação a Nova Iorque confirma o posicionamento sólido da banda matosinhense no mundo das big bands de jazz, relevando o trabalho de aproximação do colectivo de Matosinhos aos grandes nomes do meio.
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s