P-series poderá ser o netbook da Sony

A Sony parece estar prestes a entrar no mercado dos netbooks e pelo que sabemos, o modelo em causa irá chamar-se P-series.
Alguém da Sony Style colocou online este fim-de-semana informações pertinentes sobre a máquina em causa. Desde então os detalhes têm sido suprimidos do site da Sony Style, no entanto, poderá ler toda a informação no screenshot que lhe apresentamos.
Existem alguns detalhes interessantes que nos levam a pensar qual o tipo de mercado que a Sony pretende agarrar com o seu P-series. Ao contrário dos netbooks medianos, o Sony P-series irá utilizar um ecrã mais pequeno de apenas 8-polegadas, mas com uma resolução extremamente maior de 1,600×768 pixeis. Esta é seguramente uma resolução não muito comum neste tipo de ecrãs e custa-nos a crer que possa algum dia vir a tornar-se um standard uma vez que torna os objectos demasiado pequenos e minuciosos.
O processador deverá correr a 1.33GHz, mas não temos a certeza de que será um processador Atom Z-series ou algo bastante diferente como um Core Solo ou mesmo um Core Duo. O que nos preocupa no P-series neste momento é o facto de a Sony o estar a trabalhar com um disco rígido de 1.8-polegadas, o que significa que só iremos ter 60GB disponíveis, ou então uma drive de SSD até 128GB por um preço absurdo.
A Sony irá apenas distribuir o P-series com Windows Vista e terá à escolha entre as versões Home e Home Basic. A P-series deverá ficar disponível em vermelho, dourado e preto a partir da sua aparição na CES2009.
Anúncios
por Helder Gonçalves Publicado em Sem categoria

P-series poderá ser o netbook da Sony

A Sony parece estar prestes a entrar no mercado dos netbooks e pelo que sabemos, o modelo em causa irá chamar-se P-series.
Alguém da Sony Style colocou online este fim-de-semana informações pertinentes sobre a máquina em causa. Desde então os detalhes têm sido suprimidos do site da Sony Style, no entanto, poderá ler toda a informação no screenshot que lhe apresentamos.
Existem alguns detalhes interessantes que nos levam a pensar qual o tipo de mercado que a Sony pretende agarrar com o seu P-series. Ao contrário dos netbooks medianos, o Sony P-series irá utilizar um ecrã mais pequeno de apenas 8-polegadas, mas com uma resolução extremamente maior de 1,600×768 pixeis. Esta é seguramente uma resolução não muito comum neste tipo de ecrãs e custa-nos a crer que possa algum dia vir a tornar-se um standard uma vez que torna os objectos demasiado pequenos e minuciosos.
O processador deverá correr a 1.33GHz, mas não temos a certeza de que será um processador Atom Z-series ou algo bastante diferente como um Core Solo ou mesmo um Core Duo. O que nos preocupa no P-series neste momento é o facto de a Sony o estar a trabalhar com um disco rígido de 1.8-polegadas, o que significa que só iremos ter 60GB disponíveis, ou então uma drive de SSD até 128GB por um preço absurdo.
A Sony irá apenas distribuir o P-series com Windows Vista e terá à escolha entre as versões Home e Home Basic. A P-series deverá ficar disponível em vermelho, dourado e preto a partir da sua aparição na CES2009.
por Helder Gonçalves Publicado em 1

Guns planeiam digressão

Os Guns n’ Roses revelaram que planeiam estar na estrada pelo menos durante dois anos.
De acordo com declarações do guitarrista Richard Fortus, que tem acompanhado ao vivo Axl Rose e companhia desde 2002, o périplo começa já no próximo mês de Março de 2009 e pode até incluir passagens por cidades onde a banda tenha ficado mal vista.
«Temos falado em fazer uma digressão chamada “Love”, uma tournée que passe por todas as cidades onde houveram confusões e fazer espectáculos livres», comentou Fortus ao jornal do Illinois The Telegraph.
Na bagagem, os norte-americanos levam o novo e muito esperado disco “Chinese Democracy”, uma desilusão nas vendas e nas críticas um pouco por todo o mundo.
A última vez que a banda de Axl Rose passou pelo nosso país foi em 2006, no Rock in Rio Lisboa.
por Helder Gonçalves Publicado em Sem categoria

Guns planeiam digressão

Os Guns n’ Roses revelaram que planeiam estar na estrada pelo menos durante dois anos.
De acordo com declarações do guitarrista Richard Fortus, que tem acompanhado ao vivo Axl Rose e companhia desde 2002, o périplo começa já no próximo mês de Março de 2009 e pode até incluir passagens por cidades onde a banda tenha ficado mal vista.
«Temos falado em fazer uma digressão chamada “Love”, uma tournée que passe por todas as cidades onde houveram confusões e fazer espectáculos livres», comentou Fortus ao jornal do Illinois The Telegraph.
Na bagagem, os norte-americanos levam o novo e muito esperado disco “Chinese Democracy”, uma desilusão nas vendas e nas críticas um pouco por todo o mundo.
A última vez que a banda de Axl Rose passou pelo nosso país foi em 2006, no Rock in Rio Lisboa.
por Helder Gonçalves Publicado em 1

Massive Attack em nova banda sonora

Os Massive Attack estão a trabalhar na banda sonora do filme “44 Inch Chest”, sob o seu pseudónimo de produção 100 Suns.
Enquanto não chega o novo disco, por agora intitulado “Weather Underground”, os autores de “Blue Lines” estão numa fase de dedicação à música para a sétima arte, já que recentemente também produziram as bandas sonoras dos filmes “Trouble the Water”, “In Prison My Whole Life” e “Battle in Seattle”.
Robert Del Naja escreveu inclusivé um inédito para o filme “Gomorrah”, intitulado ‘Herculaneum’.
“44 Inch Chest” é realizado por Malcom Venville e protagonizada por Ray Winstone e John Hurt. A estreia no Reino Unido está marcada para o dia 19 de Junho de 2009.
por Helder Gonçalves Publicado em Sem categoria