Videojogos em exposição na E3 a partir de hoje

Começa hoje em São Francisco a Electronic Entertainment Expo (E3), uma das feiras de videojogos mais importante a nível mundial. Durante três dias as principais fabricantes mundiais vão apresentar ao público as próximas novidades do sector num evento onde são esperados milhares de visitantes.

Depois de receber mais de 60 mil vistas em 2006, a E3 começa por apresentar um novo método de organização este ano. Ao contrário do que acontecia até aqui, a esta edição não vai contar com a presença das animadoras do sexo feminino.

O objectivo é dar destaque aos produtos, sem que os utilizadores desviem o olhar para as modelos que circulam no recinto do evento. Outra novidade é a redução de acreditações feitas para a imprensa. Apenas um grupo restrito recebeu parecer positivo para fazer a cobertura da feira, os restantes interessados terão de ficar por Santa Mónica, onde decorrem as apresentações privadas de algumas empresas.

Apesar do destaque que todas as empresas recebem nestes dias, as atenções voltam-se para os principais players do mercado. É esperado que no arranque da iniciativa a Sony revele publicamente mais alguns detalhes acerca da sua estratégia para recuperar os resultados no segmento de videojogos, nomeadamente no que diz respeito ao novo preço da PlayStation 3, que passa a custar 499 euros nos Estados Unidos e Canadá.

A Microsoft chega à E3 rodeada de polémica em torno das sucessivas avarias da Xbox 360 reportadas recentemente. A companhia de Bill Gates deverá ainda pronunciar-se quanto às especulações em torno da consola que dão como garantida uma possível redução do preço da Xbox 360. A parceria com a Disney-ABC Domestic Television e a entrada da edição especial da consola de nova geração – a Xbox 360 Elite – no mercado europeu estão em destaque durante o evento, tendo sido pré anunciados ontem.

Em relação à Nintendo os especialistas esperam conhecer como a empresa capitaliza a liderança do mercado na venda de consolas e o sucesso da Wii face aos equipamentos concorrentes.

No que diz respeito ao segmento aos jogos, o evento contará com a colaboração de distribuidores como a Disney Interactive Studios ou a Ubisoft para mostrarem os títulos que irão marcar presença nas prateleiras das lojas da especialidade durante o próximo Natal.

A indústria dos videojogos poderá vir a registar lucros nunca antes atingidos ao longo de 2007, prevê a analista Anita Frazier do NPD Group. Nos primeiros cinco meses deste ano foram vendidos 5 mil milhões de dólares em equipamentos e videojogos nos Estados Unidos, o que representa uma subida de 47 por cento face aos valores obtidos no mesmo período de 2006.

Anúncios
por Helder Gonçalves Publicado em Sem categoria

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s